A HIERARQUIA NOS PLANOS DE SAÚDE

Ele propôs ainda que a hierarquia estabeleça uma cadeia de comando clara na
tomada de decisões eficaz e no tratamento de questões de ordem social. Equilíbrio
de segurança, ambiente limpo com uma combinação de recursos corretos à
disposição são pré-requisitos para funcionar com eficiência. Ele reitera que todos os
funcionários devem ser tratados com dignidade e oportunidades iguais, juntamente
com um processo de supervisão que deve ser justo e imparcial. Ele era de opinião
que a liberdade de expressão de novas idéias e experimentação aumenta a força de
uma organização e leva à inovação.

Telefone corretora de planos clinipam curitiba
Por outro lado, Henry Mintzberg discorre sobre os diversos papéis do gerente que
não precisam ser limitados por qualquer função definida e defende o treinamento
prático de gerentes em diferentes experiências do mundo real. Ele enfatiza não
funções específicas, mas uma interação complexa entre as várias funções que um
gerente deve desempenhar. Sua hipótese incorpora isolar a associação do ambiente
de trabalho, funções e obrigações administrativas para cultivar uma compreensão
inconfundível desses conceitos complexos. Ele defende os dez papéis de um
gerente e, ao longo dessas linhas, os separa em três classes distintas, Interpessoal,
Informacional e Decisional (Henry Mintzberg).